quinta-feira, 18 de abril de 2013

Deg Aprendizes: É possível aprender com um jogo de tabuleiro?

Qual foi a última vez que você "brincou" com um jogo de tabuleiro?

Você sabia que civilizações milenares faziam uso de jogos de tabuleiro cheios de simbologia? Pois é, eles são encontrados em antigas culturas e expressam a profunda sabedoria do caminho evolutivo do homem. Um exemplo, pode ser considerado o Jogo da Transformação que foi criado pela comunidade de Findhorn - Escócia, uma Ecovila referencia no mundo com respeito a comunidade sustentável. O jogo reproduz a jornada que leva a realização de nossos propósitos e abre nossa percepção para a sincronicidade da vida.

Sandra Felicidade, psicóloga, consultora, coach e facilitadora credenciada pela InnerLinks Associates desde 1998 no Jogo da Transformação, brilhante e cuidadosamente, nos conduziu pela mundo simbólico do tabuleiro e suas diferentes peças. 



Jogo da Transformação

Este tabuleiro permite que até 4 pessoas joguem ao mesmo tempo. Aqui não se joga para vencer, mas para se auto-desenvolver e colaborar com os demais no entendimento dos ensinamentos. A função da facilitadora também é ajudar a interpretar e orientar o que as cartas dizem.
Cada um dos "caminhos brancos interlaçados" representa a jornada de um individuo. Nota-se que este "caminho é infinito" ou seja, o jogo só termina quando acabam as questões. Existem quatro tipos de cartas "orientativas" no caminho: " Bloqueio" representa tudo que está te impedindo de realizar seu propósito/questão e que também vem munido de números de "dores"; "Insights" representam as potencialidades que poderia acessar para te ajudar na realização da questão. Esta carta também possui um numero de "bonus de consciência", que se superar o numero de "dores" você poderá avançar no tabuleiro; "Feedback do Universo" representa um olhar externo do mundo e por último as "Orações dos anjos", representam os valores que te acompanham e iluminam no desafio.



Inúmeros símbolos a explorar...
A "carinha : ) " quando você caí nesta casa deve
fazer uma apreciação  positiva de um jogador.
E este deve responder: "É verdade eu fico feliz  que reconheça isso."


As convidadas enquanto ouviam a riqueza das possibilidades estavam ansiosas para fazer suas perguntas relevantes ao Jogo. Por sua vez, Sandra F. explicava a ampla aplicação do jogo que pode ser jogado pela família, amigos ou ser adequado ao mundo corporativo.


Sandra Takata e Eliane Dal Colleto
atentas às explicações.


Sandra Felicidade, nossa querida facilitadora
e  Isabela  Damatto.


A primeira resposta do Jogo da Transformação.



E as questões seguem profundas. 
Célia Foja e Sandra Felicidade.

Mesmo quem assiste aprende com a experiencia dos outros e em alguns momentos também expressa seu ponto de vista para interpretar as cartas.


Mais uma das respostas do Tabuleiro.


As regras, o contexto do jogo e as explicações são permeados por outros "insights" da conversa. O aprender a aceitar um elogio, e não dizer "imagina...". Esta atitude ingenua pode sim esvaziar o elogio; dizer "obrigada" também não me faz sentir merecedora do elogio. Quando receber um elogio, diga: "É verdade eu fico feliz  que reconheça isso." E experimente o efeito benéfico do elogio!



Sandra, Eliane, Leny, Célia, Sandra Felicidade e Isabela!


Tudo é muito rico, mas foi apenas uma degustação. Este jogo pode ser jogado durante um dia todo ou até mesmos dias!

Se desejar saber mais sobre o Jogo da Transformação ou workshops acesse: http://happinewss.blogspot.com.br 

3 comentários:

  1. oi Flavinha,
    Adorei a conversa, o auto-desenvolvimento, o jantar, o jogo, a companhia de todas!!!!! TUDO PERFEITO!!!!
    Não poderia ter sido melhor!!!!!!!
    Aprendi muito sobre a questão da competição, escassez, caminhos juntos e separados, a experiência da Isabela e da Célia e adooorei a resposta "É Verdade. Fico feliz...UFA!!! Como disse...o aprendizado foi intenso!!!
    E olha só a sincronicidade! Um amigo trouxe o Limoncello na terça-feira para a minha casa!

    ResponderExcluir
  2. Leny Baumgartner1 de maio de 2013 20:48

    Olá, Flávia!
    Adorei participar do encontro sobre o Jogo da Transformação e realmente a Sandra Felicidade se mostrou uma profissional muito preparada para aquela atividade, além de ser muuuuito simpática.
    As participantes (eu só conhecia você) também foram muito simpáticas, generosas e corajosas falando de questões que buscam superar e, claro, para nós que não falamos, nos chamaram para uma reflexão também.
    Me pareceu uma forma lúdica de nos abrirmos um pouco pra vermos as dificuldades que todos temos, mas com "ferramentas" que nos são mostradas para superá-las. Uma forma de dizer: "todo problema tem uma solução que depende da minha coragem e ação pra diminuí-lo ou solucioná-lo". Em suma, adorei....
    Pena que o tempo foi tão pouco, mas certamente deixou um gostinho de "quero mais"
    Bjs, Leny

    ResponderExcluir
  3. Olá, Flávia, Sandra, Leny e queridas companheiras de tabuleiro!!
    Foi uma grande alegria estar com vocês e levar o jogo para uma vivência na Casa Deg Filó! Mesmo sendo um encontro breve (o jogo dura o dia todo), conseguimos abordar temas tão ricos e de forma profunda. O que possibilitou isso foi a clima de confiança e abertura. Fico feliz que o encontro tenha deixado elementos importantes e de aplicação bem prática no contexto de cada uma de nós. O registro acima, feito pela Flávia, e os comentários de vocês resgatam a essência desse encontro tão especial. Espero que possamos nos reencontrar em breve!! Felicidade e grandes transformações! Beijos.

    ResponderExcluir